A Delegacia de Defesa da Mulher de São Paulo Jugou o Inquérito Policial de Estupro Contra Felipe Prior

A primeira Delegacia de defesa da mulher de São Paulo concluiu nesta terça-feira dia 4 o inquérito policial que apurou duas acusações de estupros e uma tentativa de estupros contra Felipe Prior. Ex-participante do BBB 20 ele não foi Indiciado, a defesa de Prior emitiu uma nota dizendo que sempre acreditou na inocência de seu cliente e que sempre acreditou que isso iria sobrepor nas Investigações. Agora o Inquérito foi concluído e encaminhado para o Ministério Público que pode arquivar ou não a investigação. As acusações contra Felipe Prior foram feitas por três mulheres e vieram à tona em Abril deste ano em uma reportagem da revista Mérito.

Ambos os casos teriam acontecido durante os jogos universitários da faculdade de arquitetura e urbanismo de São Paulo, no primeiro relato uma dessas mulheres alega ter sido estupradas dentro de um carro com Prior, após ter aceitado uma carona dele. O segundo e o terceiro caso teria acontecido dentro de uma barraca no acampamento na Universidade.