Brasil pretende reforçar em Março a guerra contra a Dengue

A semana foi marcada pela crise do coronavírus, mas outra doença grave menos noticiada esta semana foi a Dengue que está em estágio mais avançado. No Paraná com mais de 52 Mil casos nas cidades e na zona rural, 37 pessoas morreram no estado. O que seria lixo virou cocho para gado do seu Antônio. Ele usa a geladeira jogadas fora que poderiam até acumular água como comedouro dos animais.

Ele teve dengue há quase um mês sentindo mau e bastante tontura. Seu Antônio mora no Vidigal distrito de Cianorte no Noroeste do Paraná, segundo dados da Prefeitura 1048, tiveram ou ainda estão com dengue mais de 20% vivem na área rural entre os sintomas da doença está febre alta, dor de cabeça e atrás dos olhos e manchas no corpo. O carro que aplica veneno para matar mosquito percorre as propriedades, também são feitos multirões para recolher o lixo o trabalho é cuidadoso cada canto são revistados.

Em uma fazenda o dono tem o hábito de manter peixes nos bebedouros dos animais é uma prática usada, principalmente para alertar se a água está contaminado. Se o mosquito colocar um ovo aqui no local, quando a larva nascer ela serve de alimento para o peixe na propriedade do Senhor Joel. Ele disse que está sempre atento porque eles estão na área rural e temos que cuidar da gente. A partir de Março o governo pretende apertar o cerco contra a dengue são 60 homens da Defesa Civil e mais de 600 do Exército. Então vamos fazer um enfrentamento também com o exército.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

5 × 5 =