França estende isolamento social por causa da pandemia COVID-19

A França estende isolamento social obrigatório por mais um mês, enquanto a Itália e Espanha, começaram lentamente a liberar o funcionamento de alguns negócios. Cada badalada do sino representa uma morte, a igreja da Espanha lembra as vítimas do novo coronavírus, é um martelo na cabeça dos que circulam, mostrando a importância do isolamento social.

O Governo disse que o confinamento reduziu a taxa de contágio de 30 para 3%. Nas ultimas 24 horas os sino badalaram mais devagar. Incontáveis são os aplausos que o enfermeiro recebeu, foi o terceiro profissional da saúde a morrer em Madrid. Os amigos dele dizem que todos se sentem indefesos e exauridos, o abraço proibido entre máscara e luvas, às vezes é o único remédio.

O Governo Espanhol só deixava trabalhadores essenciais sair de casa. Hoje profissional da construção e de fábricas que não podem trabalhar de casa, puderam retomar suas atividades. Alguns pegaram uma das 10 milhões de mágicas que o Governo distribuiu. O presidente Francês disse que a franceses não estava preparada para enfrentar a pandemia. Os casos de coronavírus desaceleraram no país o isolamento social vai até o dia 11 de Maio, quando o Governo vai começar a reabrir os estabelecimentos de ensino.

Um consultor do Governo disse que os casos devem voltar a subir e que, o pior ainda não passou. O Reno Unido realizaria até quinta-feira a política de confinamento geral, mas o Governo declarou que não vê nenhuma mudança no momento. O Primeiro-ministro Boris Johnson, recebeu alta do hospital domingo e ficará afastado do trabalho até segunda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

nove − 2 =