Golpe de carro em Seguradoras dobrou nos últimos meses em São Paulo

O Golpe do seguro de carro dobrou em São Paulo no mês de maio nessa fraude o dono simula o roubo e entrega o carro para desmanches clandestinos. Para tentar se proteger as seguradoras tem investido em tecnologia e Inteligência Artificial. Uma proposta Inesperada veio justamente quando um motorista que não quer se identificar, tentava vender o carro usado. Na fralde o dono simula o roubo do próprio veículo para receber o preço de tabela pago pela Seguradora e cerca de 5% do valor do veiculo para os criminosos quase sempre donos de desmanches clandestinos.

Esse desmanche de luxo foi descoberto pela polícia há 10 dias funcionava num galpão subterrâneo numa avenida movimentada em São Paulo. Os carros que custam mais de 300 mil reais eram desmontados em poucas horas e as peças, vendidas mais baratas no mercado paralelo. No Brasil nos últimos quatro anos mais de um milhão de veículos foram roubados em média, mais de um carro por minuto de acordo com a maior Seguradora do país. As fraudes envolvendo os próprios donos dos veículos dobrou em Maio deste ano, se comparado ao mesmo período do ano passado, a projeção das empresas é de que até o fim de 2020 serão 272 milhões de reais pagos em golpes.

Para tentar combater as fraudes tecnologia de ponta e até Inteligência Artificial são usados. Assim como nós temos hábitos e rotinas, os nossos carros também seguem mais ou menos essa mesma identidade, as empresas de tecnologia que prestam serviço ou trabalham com seguradoras, tem algoritmos para identificar uma mudança de comportamento. Para quem fica seduzido pelo dinheiro fácil dos golpistas é bom ficar esperto, “Se for comprovado que o dono fraudou, ele está comentando dois crimes, primeiro é estelionato e o segundo é publicação de falso crime, os dois somados são mais de cinco anos de reclusão”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

3 × quatro =