Governo e líderes do Congresso se Reuniram para Acertar Novos Pontos da Reforma Tributária

Integrantes do Governo e líderes do Congresso se reuniram para acertar novos pontos da proposta de reforma tributária, o encontro foi no Ministério da Economia com a presença do Ministro Paulo Guedes. Na saída ele falou que o texto passa pelos últimos ajustes antes de ser enviado ao Congresso. O líder do Governo na Câmara Ricardo Barros disse que a proposta também passará por análise do presidente Jair Bolsonaro.

Ministro Luiz Eduardo Ramos da Secretaria de Governo disse que as reuniões também tratam das opções para o Renda Cidadã, alternativa que o Presidente Bolsonaro quer para substituir o Bolsa Família. Equipe Econômica e Parlamentares da base aliada buscam ajustar o texto para ganhar apoio no Congresso já que a criação de um imposto sobre as transações digitais nos moldes da antiga CPMF enfrenta resistência de Deputados e Senadores. Foi definido que a reforma tributária não será fatiada e agora equipe Econômica tenta chegar alíquota ideal para o imposto sobre pagamentos digitais, algo em torno de 0,2%, também falta definir se a cobrança atingirá todas as operações financeiras. A Equipe Econômica reafirma que não haverá aumento de Carga Tributária, porque haverá compensação com a desoneração da folha de pagamento das empresas.