Instituto Adolfo Lutz acaba com a fila de exames do coronavírus

O Instituto Adolfo Lutz deve funcionar durante 24 horas por dia para dar conta da fila de exames em São Paulo, hoje 16 mil estão esperando o resultado. Para conseguir fazer sistema funciona 24 horas testando, são necessários 15 funcionários novos. É isso que o Instituto Adolfo Lutz disse que vai contratar entre, farmacêuticos, bioquímicos e biólogos, para conseguir fazer esse esquema de 24 horas de testes.

Para que você tenha uma ideia, a demanda de é de 1200 testes dia, eles só conseguem fazer 400 testes. O Adolfo Lutz está homologando e autorizando o funcionamento de outros institutos e laboratórios que é o caso do Instituto Butantan, ele tem um laboratório automatizado que hoje já começou a fazer os exames, para conseguir diminuir essa filha. A meta no Butantã é chegar a 500 resultados por dia, a partir da semana que vem.

A meta para a próxima semana é chegar 8.000 exames por dias no estado até mês de abril. Lembramos que tinha 200 casos suspeito que não tinha o resultado, saíram os resultados, 26 deram positivos para coronavírus, 119 negativo e outros 37 foram considerados inadequados, porque as amostras foram coletadas de maneira errada ou transportado de maneira errada. 19 vão ter que ser refeitos, lembrando que para chegar essa meta é necessário a chegada de 600 mil kits vindos da Coreia do Sul.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

16 + 4 =

%d blogueiros gostam disto: