Ministro Alexandre de Moraes aperta o cerco contra Bolsonaro

Ministro Alexandre de Moraes do Supremo Tribunal Federal, ontem, deu um prazo de 48 horas para que o presidente Jair Bolsonaro, fornece informações sobre a atuação do governo no combate ao coronavírus. O Ministro cuida de uma ação apresentada pela, Ordem dos Advogados do Brasil, para que o presidente promova o isolamento social recomendado pela Organização Mundial da Saúde para evitar o contágio.

 

E ainda que Bolsonaro respeite as determinações de governadores e perfeitos sobre o funcionamento de atividades econômicas e regras de aglomeração. E que o presidente não interfere nas atividades de técnicos do ministério e implante imediatamente o pagamento de benefícios emergenciais para desempregados e trabalhadores informais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

três × 3 =