Ministro Barroso do STF proíbe publicidade do Governo Federal

O Ministro Roberto Barroso do STF, decidiu Proibir a produção e circulação de qualquer nova campanha de Publicidade do Governo Federal, que estimule a volta da população às atividades normais. No início o ministro já havia mostrado a importância da política de isolamento, determinado pelo Ministério da Saúde.

O Ministro Barroso afirmou também que a ciência e os especialistas, tem falado que o distanciamento social, protegem a vida e que, propagandas contra isso, podem colocar em risco a vida, a saúde e a segurança da população. O Ministro atendeu o pedido do partido Rede, Sustentabilidade e da Confederação Nacional dos trabalhadores Metalúrgicos, apresentados ontem. As ações questionavam a publicidade de “O Brasil não pode parar” que estimulou somente o isolamento de idosos e de pessoas que integram grupos de risco.

Ministro Barroso, determinou ainda que seja suspensa a contratação de empresas de publicidade para realizar campanhas com informações, que não estejam de acordo com as recomendações do Ministério da Saúde. Mostrando um alinhamento com a política de isolamento defendida pelas autoridades de saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

4 × um =