Ministro Celso de Mello autorizou perícia no vídeo da reunião

O Ministro Celso de Mello do Supremo Tribunal Federal autorizou uma perícia no vídeo da reunião em que Sérgio Moro Alega uma tentativa de interferência do Presidente Jair Bolsonaro na Polícia Federal. O Ministro Celso de Mello manteve a Perícia, mas manteve também a exibição do material na íntegra, marcado para esta terça-feira pela manhã e vai contar com a presença de Sérgio Moro. O ex-ministro da Justiça e Segurança Pública desembarcou no final da noite aqui em Brasília ele entrou numa viatura da Polícia Federal que o aguardava ao lado do avião para evitar Jornalistas.

Nesta segunda-feira quem prestou depoimento durante 6 horas, foi o ex-diretor Geral da Polícia Federal Delegado Mauricio Valeixo e afirmou que Jair Bolsonaro nunca solicitou informações de inquéritos em andamento. Ele explicou também que desde que passou a acompanhar o ex-ministro Sérgio Moro nas audiências semanais com o Presidente da República a partir de Agosto do ano passado, os assuntos normalmente tratados, eram sobre ameaças contra o Presidente nas redes sociais e assuntos também relacionados à própria pasta do Ministério da Saúde.

Mas Valeixo disse ainda que o Presidente queria alguém no comando da Polícia Federal com quem tivesse mais afinidade do que ele. No início da tarde desta terça-feira serão ouvidos pela corporação do Palácio do Planalto os Ministros Luiz Eduardo Ramos da Secretaria de Governo, Augusto Heleno do Gabinete de Segurança Institucional e Walter Braga Netto Ministro da Casa Civil, três Generais foram citados por Sérgio Moro como testemunhas nas supostas tentativas de interferência de Bolsonaro na Polícia Federal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

três − 3 =