O Crime de Assédio é importunação sexual teve um aumento de 28%

Mesmo com a pandemia e as ruas supostamente ficam mais vazias o crime de assédio é importunação sexual contra mulheres em lugares públicos, não para de crescer, em São Paulo a maioria dos casos acontece no transporte público. No caminho do trabalho ou na volta para casa, elas enfrentam um pesadelo do assédio. É raro ver uma reação como a de Kelly de 19 anos, ela foi vítima de um homem, enfrentou o agressor e expulsou-o do transporte, o vídeo viralizou na internet. O levantamento da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo divulgado pela lei de acesso à informação, revela que o número de mulheres assediadas em locais públicos teve um aumento de 28%.

De Janeiro a Abril deste ano, 741 mulheres registraram boletim de ocorrência para denunciar de crime no mesmo período do ano passado foram 577 denúncias. Especialistas em direitos das mulheres acreditam que o número de casos de assédio no transporte público é muito maior que o registrado, apesar da Lei sancionada há dois anos que considera crime importunação sexual, boa parte das vítimas ainda fica em silêncio, seja por medo ou vergonha.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

8 + 16 =