O Delegado que se envolveu numa briga com a namorada em São Paulo sai do Hospital

O Delegado que se envolveu numa briga com a namorada e levou seis tiros deixou o hospital na grande São Paulo, única testemunha ele disse que a Modelo fez os disparos e se matou. Do Hospital o Delegado foi direto para o apartamento dele, ele está sob cuidado do pai e de um irmão e uma enfermeira. Paulo Bilinski que ficou 13 dias internado passou por três cirurgias e contraiu uma pneumonia, chegou a ficar em coma induzido fora de risco, foi fazer o tratamento em casa para evitar risco de contrair covid-19.

A advogada do Delegado disse hoje que três das seis balas que atingiram Paulo Bilinski ainda estão alojadas no corpo dele e que não puderam ser retiradas com segurança durante as cirurgias, por isso o exame de balística que determinaria se os tiros que atingiram Paulo e a namorada partiram de uma só arma, não pode ser feito pela perícia. Os investigadores disseram que ainda não há data para o depoimento do Delegado, a Polícia quer esperar que ele se restabeleça primeiro.

Na semana que vem a família da Modelo Priscila devem ser ouvida, os laudos da perícia da necropsia e o exame residuográfico feito para saber se havia pólvora nas mãos o delegado só devem ser concluídos em dois meses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

5 × cinco =