O Governo Tomou Medidas Contra o Aumento nos Alimentos e Zerou o Imposto de Importação do Arroz

O Governo tomou medidas contra o aumento nos alimentos o imposto de importação do Arroz foi zerado para reduzir o preço do produto nos Supermercados. Admissão do problema foi reforçada na agenda do Presidente Bolsonaro por quatro reuniões e à tarde com Ministro da Economia Paulo Guedes, em uma delas participou também Presidente da Associação Brasileira de Supermercados. O Presidente cobrou dos empresários do varejo, redução no preço de produtos da cesta básica. Hoje a Câmara de Comércio Exterior a COMEX, tomou a primeira medida prática em relação ao preço do arroz, decidiu zerar a taxa de importação do produto até o fim do ano. A expectativa é que sejam compradas 400 mil toneladas em outro país, para tentar aumentar a competitividade no mercado interno e com isso tentar conseguir uma possível queda nos preços.

Outra medida tomada pelo Ministério da Justiça foi notificar Associação de Supermercados e cooperativas agrícolas, para que explique a alta dos preços. O prazo para resposta é de 15 dias ,o Secretário de Política Econômica do Ministério da Economia, afirmou que essa alta dos preços é uma situação transitórias. Ela ocorrem sobretudo das transferências de recursos para parcelas mais pobres da população no esforço que o Governo fez para combater os efeitos da crise do coronavírus.