O Presidente do HSBC André Brandão Aceitou o Convite do Governo para Substituir Rubem Novaes no Banco do Brasil

A confirmação ainda depende de processos burocráticos que vão acontecer durante a semana. André Brandão tem quase 30 anos de experiência no mercado financeiro e está no banco HSBC desde 2003, a escolha reforça a ideia do Planalto de se aproximar do mercado e de receber mais apoio no Congresso. O novo executivo vai ocupar o cargo deixado pelo economista Rubem Novaes que pediu para deixar a Presidência do Banco do Brasil no dia 24 de Julho alegando motivos pessoais. Em carta de demissão Novaes chegou a sugerir um dos Vice-presidentes do próprio Banco para o lugar dele, o Ministro da Economia Paulo Guedes preferiu indicar um nome mais técnico para o comando do Banco do Brasil.

O Governo considera que o substituto tenha um perfil parecido com o do presidente do Banco Central Roberto Campos Neto que também veio do sistema financeiro e com conhecimento do mercado. Na reunião Ministerial do dia 22 de Abril, Paulo Guedes chegou a dizer que o Banco do Brasil precisa ser privatizado porque não é Público e nem Privado. A instituição da empresa é de economia mista e capital aberto que tem o Governo como maior acionista, para Guedes o Banco é um caso pronto para privatização.