O Presidente Jair Bolsonaro entregou ao Supremo o Laudo do exame da COVID-19

Os exames de coronavírus do presidente Jair Bolsonaro foram entregues ontem à noite ao Supremo Tribunal Federal. Segundo Advocacia Geral da União os Laudos dos dois exames realizados por Jair Bolsonaro confirma que o Presidente testou negativo para o COVID-19. Os exames foram entregues pela AGU ao Gabinete do Ministro Ricardo Lewandowski às 10 horas da noite desta terça-feira.

O documento foi lacrado e será encaminhado para análise do Ministro na manhã desta quarta-feira, ele vai decidir sobre a eventual divulgação. O Presidente Bolsonaro vinha se recusando a publicar o laudo, até que foi obrigado por uma decisão da Justiça Federal de São Paulo.

 

 Sobre Os depoimentos dos três Ministros no Palácio do Planalto

O último depoimento terminou um pouco depois das 9 horas da noite, o Ministro do Gabinete de Segurança Institucional Augusto Heleno disse que não tem detalhes dos assuntos tratados entre o Presidente Bolsonaro e o ex-ministro Sérgio Moro. A Procuradoria-Geral da República chegou a perguntar ao General Heleno, quem seriam os amigos e familiares que Bolsonaro disse querer proteger no vídeo da famosa reunião do dia 22 de Abril, Augusto Heleno disse que precisava assistir ao vídeo mais uma vez para responder essa pergunta.

O depoimento do General Heleno durou cerca de 20 minutos a mais que o do colega o Ministro Luiz Eduardo Ramos da Secretaria de Governo. O primeiro a concluir a conversa com os Delegados Federais e com os Promotores foi ministro da Casa Civil General Walter Braga Netto, que confrontou a afirmação de Sérgio Moro e afirmou que o Presidente Jair Bolsonaro não teria nenhum motivo para fazer alterações no Rio de Janeiro e ao comando da Corporação da PF no estado.

Hoje cedo o Presidente disse que não citou em nenhum momento a Polícia Federal nessa reunião do dia 22 que cominou na saída de Moro do Governo. Agora à noite o Ministro Celso de Mello do STF relator do Caso deu 48 horas para que Moro, PGR e a AGU se manifestem sobre a retirada do sigilo do vídeo dessa reunião.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dezesseis + dezenove =

%d blogueiros gostam disto: