Operação do Ministério Público do Rio de Janeiro Prende Cinco Policiais Militares

Uma operação do Ministério Público do Rio de Janeiro prendeu hoje cinco Policiais Militares suspeitos de envolvimento com a milícia da Zona Oeste, mas agiam principalmente dando cobertura a exploração ilícita de pontos de Mototáxi. O Segundo Sargento Marcos Paulo Custódio Alves foi preso pela Corregedoria da Corporação no Palácio Guanabara sede do Governo do Estado. De acordo com a denúncia do Ministério Público, os Militares receberam propinas da polícia para passar informações privilegiadas sobre operações policiais. Se um mototaxista da região fosse parado em uma blitz e tivesse alguma irregularidade no veículo por exemplo, bastava fazer uma ligação a um dos Milicianos para ser liberado.

O ponto de partida da investigação foi um vídeo que chegou a polícia onde o Sargento Jorge Henrique da Silva, conhecido como “Vo”, aparece ao lado de homens armados numa comunidade dominada pela milícia. Jorge Henrique e o também sargento da PM Adelmo da Silva Fernandes seriam os líderes do grupo, os dois foram presos. Outros oito Policiais Militares foram alvos de mandados de busca e apreensão, o Subtenente Francisco Santos de Melo segue foragido.

%d blogueiros gostam disto: