Os Estados Unidos enfrentam uma onda de desemprego em massa

Nos Estados Unidos mais de 20 milhões de pessoas perderam emprego em abril por causa da pandemia e grandes empresas viram o lucro despencar com o fechamento dos negócios. O reino da fantasia também contabilizam as perdas por causa do COVID-19, o lucro dos parques da Disney caiu 91% no último trimestre quando todos foram fechados por causa da pandemia e não há data para a reabertura nos Estados Unidos.

O mês de Abril foi o mais duro para os trabalhadores americanos nesta pandemia, mais de 20 milhões de pessoas perderam o emprego, o pior resultado desde 2002. O setor de serviços foi o mais afetado com a eliminação de 16 milhões de vagas. Uma empresa de Transportes por Aplicativo anunciou que vai demitir 3.700 funcionários, 14% da força de trabalho da empresa no país, que tenta retomar algumas atividades.

Escolas fechadas em alguns estados às crianças estão sem merenda escolar, um estudo revelou hoje que uma em cada cinco não está recebendo a quantidade adequada de alimentos aqui no país, o que representa 17,4% dos menores de 12 anos. O percentual é quase o triplo do que foi registrado na crise econômica de 2008.  Além disso, o estudo aponta que algumas famílias não conseguem chegar aos pontos de doação de alimentos.

Na Flórida as praias estão abertas, mas a polícia toma conta para que os banhistas mantenham a distância. Em um parque de Miami Beach, os moradores não usaram máscaras e se juntaram em grupos, por isso, ele foi fechado novamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

sete + 7 =