Polícias Civil e Militar investiga um possível caso de racismo contra um Policial

Em São Paulo as Polícias Civil e Militar investiga um possível caso de racismo contra um Policial, ele estava na porta da delegacia onde trabalha quando foi abordado por um PM e não adiantou dizer que era da Polícia Civil, foi xingado e também agredido pelo colega Branco. Era começo de tarde rua movimentada bem no centro de São Paulo, Wesley estava na porta do trabalho na delegacia que fica no prédio do mercadão municipal. O Policial Civil fazia uma abordagem a três jovens suspeitos na calçada quando quatro PMs chegaram em motocicletas.

Segundo o investigador um dos policiais militares o abordou e o agrediu, Wesley contou que o PM jogou a roda da moto contra a perna dele, o investigador se identificou como Policial Civil, mas o PM duvidou desceu da moto e o empurrou. Ele ainda deu uma cabeçada com capacete no investigador e ordenou aos gritos, “vai negão deita no chão”, assim que percebeu que o Wesley era mesmo investigador o policial militar tirou a identificação do peito dele e fugiu do local, Wesley anotou a placa da moto para que a PM fosse identificado.

O agressor os três suspeitos que foram abordados por Wesley acabaram como testemunhas dele, o investigador registrou boletim de ocorrência de lesão corporal injuria racial e violência arbitrária. No boletim o delegado do caso considerou lamentável a conduta do PM e disse que isso só demonstra o quanto cidadãos de bem estão à mercê de abusos praticados por Agentes do Estado e que se um policial identificado na frente da delegacia no centro da cidade foi vítima de abuso, o que pode acontecer a um cidadão em locais afastados durante a noite e sem testemunha?

Para um especialista a polícia precisa debater a situação, a Secretaria Segurança Pública informou que trabalha para esclarecer o caso e tem intensificado as ações de combate ao racismo inclusive na formação policial. A Secretaria de Segurança Pública disse também que o PM foi identificado e afastado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

5 + oito =